Sérgio Viotti
Ator de teatro e TV, diretor, tradutor de peças teatrais, além de romancista. Na Literatura: A Fuga do Escorpião, A Partida Sempre e A Cerimônia da Inocência, Dulcina. Na TV deu vida a inúmeros personagens nas novelas: Sinhá Moça, Corpo Santo, Kananga do Japão, Despedida de Solteiro, Meu Bem Meu Mal, Anjo Mau, Suave Veneno, Os Maias, A Casa das Sete Mulheres e Um Só Coração e JK. No teatro: As Idades do Homem e O Dia em que Raptaram o Papa, sucesso no primeiro semestre de 2007. (Fotos: Adriana Guivo)

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Sérgio Viotti citados no programa:
O que você está lendo agora?
Estou escrevendo as minhas palestras sobre Shakespeare. Então não estou lendo nada, pois, ou você escreve ou você lê.

Livro de cabeceira
Obra de Shakespeare.

Todo ator dever ler
Tudo o que é de muito boa qualidade.

Romance do coração
Reviver o passado em Brideshead de Evelyn Waugh.

Obras e autores estrangeiros preferidos
Em busca do tempo perdido de Marcel Proust.
A obra de Julien Green. Os Falsos Moedeiros e Os Subterrâneos do Vaticano de André Gide e Washington Square de Henry James.

Título indispensável
A Bíblia e a obra de Shakespeare.

Nota de rodapé
“Um pouco de cultura não faz mal a ninguém!”
 


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados