Renata Flaiban
Atriz, professora, contadora de histórias e arte-educadora. Formada em arte dramática e pedagogia e mestra pela faculdade de educação da Usp. Atuou nos grupos teatrais, As Meninas do Conto e Ponkã. Leciona Literatura Infantil e a Arte de Contar Histórias nos cursos de pós graduação pela UniFMU. Vídeo conferencista no projeto: A criança, a Arte e a Literatura.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Renata Flaiban citados no programa:
Tem gente que defende o fim da fronteira entre literatura infantil e adulta. O que acha disso?
Acho polêmico. Se por um lado, uma boa obra não tem idade, por outro, sabemos que existem certas adequações necessárias para que um texto se torne inteligível, por exemplo, a uma criança pequena.

Livro de cabeceira
Cem anos de solidão, Gabriel García Márquez.

Uma indicação para as crianças
A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga.

Livro indispensável para entender o teatro, folclore brasileiro
Sobre teatro, O Dicionário de Teatro, de Patrice Pavis.Sobre Folclore, a obra imensa de Câmara Cascudo.

Um bom livro de poesias
Poemas para Brincar, de José Paulo Paes.

Autores brasileiros
Clarice Lispector e Manuel Bandeira. Tem tanta gente boa...

Um imortal
Guimarães Rosa.

Texto ou livro que você sempre quis ler e nunca arrumou tempo.
Em Busca do Tempo Perdido, de Proust.
 


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados