Márcia Veloso
Historiadora, formada pela PUCSP. Ilude-se com a aventura da escrita, fascinada pela arte de alinhavar palavras, mantém um exercício contínuo e desordenado com as palavras. Amadora na arte de escrever, a ouvinte conta que tudo seu é inédito. Atualmente trabalha como autônoma na área de revisão de textos. Sonha com um mundo mais humano, menos desigual.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Márcia Veloso citados no programa:
Livro de cabeceira
Todos da Clarice, do Fernando Pessoa.

Um clássico
Italo Calvino.

Uma descoberta
As brasas, de Sandor Marai.

Romance do coração
Perto de um coração selvagem, de Clarice Lispector, e Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa.

Livro inesquecível
O Nome da Rosa, de Umberto Eco.

Poetas indispensáveis
Fernando Pessoa, Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, Paulo Leminski, Walt Wiltman.

Um Imortal
Guimarães Rosa.

Literatura brasileira
Graciliano Ramos, Rubem Alves, Cony, Ana Cristina Cesar, Caio Fernando de Abreu, Paulo Leminski, Francisco J.C.Dantas.

Título que você sempre quis ler e nunca arrumou tempo
Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust.

Para que texto você se volta na hora do apuro?
Salmos e a Clarice Lispector.

Livro que o seu melhor amigo está lendo
As pequenas memórias, de José Saramago.

Cesta básica
O direito à preguiça, de Paul Lafargue; História de cronópios e de fama, de Júlio Cortazar; todos da Clarice Lispector; Triângulo das águas, de Caio Fernando de Abreu; Tempos interessantes, de Eric Hobsbwan.

Nota de Rodapé
"Deus age em grande escala ...
Ele só lida com milênios
Os minutos para Ele não contam
Ele atinge o inevitável através de milênios de séculos
E nós - nós temos uma pequena chama de vida que acende e se apaga.
Temos que nos engrandecer contando que nós somos a mais ínfima partícula do Grande Tempo que Não Acaba"
Clarice Lispector.
 


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados