Luiz Ruffato
Escritor, organizador de antologias e resenhista. O romance: Vista Parcial da Noite, ganhou o segundo lugar no Jabuti 2007. Seus outros livros: Mamma son tanto felice e Mundo inimigo venceram o prêmio APCA de melhor ficção de 2005 e integram pentalogia: Inferno provisório. Ele escreveu também: Eles eram muito cavalos, publicado na Itália, França e Portugal e premiado pela APCA como melhor romance de 2001. Seu último livro é: De Mim Já Nem Se Lembra.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Luiz Ruffato citados no programa:
Mulheres que fazem a nova literatura
Maria Valéria Rezende, Valéria Vidal, Tatiana Salem Levy e Cíntia Moscovich.

Definição de um bom livro
É aquele que, após fechar a última página, você já não é a mesma pessoa, algo mudou.

Referencias literárias
Faulkner, Balzac, Baudelaire, Pirandello e Tchecov.

Indicações de livros para quem quer se iniciar no campo da crítica de literatura?
Uma boa história da literatura brasileira e textos do Antônio Cândido e do Walter Benjamin.

Livro que deixou marcas
Babi Yar de Anatoly Vasilievich Kuznetsov.

Livro a que você recorre na hora do apuro
Minha coleção de dicionários.

Literatura brasileira
Um excelente autor esquecido Marques Rebelo.

Literatura estrangeira
A obra inesgotável do poeta francês Charles Baudelaire.

Um clássico
A Comédia Humana de Balzac.

Um imortal
Machado de Assis.

Livro de cabeceira
A Bíblia.

Nota de rodapé (uma frase, um verso, uma prosa)
“Uma longa caminhada começa com o primeiro passo”. Lao Tsé
 


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados