Ilan Brenman
Contador de histórias, doutorando pela Faculdade de Educação da USP; bacharel em Psicologia pela PUC de São Paulo; escritor de livros infanto-juvenis e consultor de projetos de formação de leitores. Ele publicou vários livros, entre eles: O Senhor do Bom Nome, Hermes, o motoboy e Clara. (Fotos: Marcelo Min e Marcelo Barbani)

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Ilan Brenman citados no programa:
Livros marcantes para você
O Tempo e o Vento de Érico Veríssimo.
Cândido de Voltaire.
Pais e Filhos de Turguêniev.
Vozes de Marrakech de Elias Canetti.
Reparação de Ian McEwan.

O que você está lendo?
Diário de um Ladrão de Jean Genet.

Livros, autores que você gosta de ler para o público
As Mil e Uma Noites com tradução de Mansour Chalita.
O Livro dos Amores de Henri Gougaud.
Moqueca de Maridos de Betty Midlin.
As Mais Belas Histórias da Antiguidade Clássica de Gustav Schwab.

Histórias que inspiram
Sou apaixonado por contos da tradição oral de todos os cantos do mundo.

Poetas indispensáveis
Mário Quintana, Manuel Bandeira, Fernando Pessoa e Drummond.

Uma boa antologia de contos
Machado de Assis pela Companhia das Letras.

Estrangeiros clássicos
Tolkien.Richard Kipling. Robert Louis Stevenson. Jack London.Conan Doyle.

Estrangeiros contemporâneos
Elvira Lindo.Roald Dahl.Pierre Gripari.

Nacionais clássicos
Monteiro Lobato. João Carlos Marinho. Marcos Rey.Ana Maria Machado.Ruth Rocha. Ziraldo.

Nacionais contemporâneos
Ricardo Azevedo. Tony Brandão. Heloisa Prieto. Roger Mello.

Livro de cabeceira
Narradores de la Noche de Rafik Schami.

Uma história inesquecível
O Senhor do Bom Nome, um conto sobre o Baal Shem Tov.

Escritores judaicos que contam
Martin Buber, Elias Canetti, Moacyr Scliar, Walter Benjamin, Clarice Lispector e Amós Oz.

Texto ou livro ao qual você recorre na hora do apuro
O Círculo dos Mentirosos de Jean-Claude Carriére.

Clássicos prediletos
Gargântua e Pantagruel de Rabelais.
O Vermelho e o Negro de Stendhal.
O Pai Goriot de Balzac.
As Vinhas da Ira de John Steinbeck.

Romance do coração
Quase Memória de Carlos Heitor Cony.

Nota de Rodapé
Quem conta um conto aumenta um ponto!
 
Mais sobre Ilan Brenman na internet:
www.ilan.com.br


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados