Heloisa Prieto
Uma das grandes escritoras de literatura infanto-juvenil. Com 44 títulos publicados, é também colecionadora de prêmios de literatura. Já escreveu textos para teatro, cinema e TV, onde participou do Castelo Rá Tim Bum. Doutora em literatura francesa pela USP e Mestre em semiótica pela PUC, escreveu: Lá vem história outra vez; Balada; a série Mano Descobre, em parceria com o jornalista Gilberto Dimenstein e O Imperador Amarelo, com o psiquiatra e escritor Paulo Bloise.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Heloisa Prieto citados no programa:
O que você está lendo agora?
A Árvore dos Tesouros, de Henri Gougaud – um compêndio de mitos do mundo inteiro, todos lindos.

O que pretende ler?
Pretendo concluir a leitura de Mahabharata, mitos da Grande Índia, que estou amando.

Livros que conquistariam crianças
O livro dos Seres Imaginários de Jorge Luis Borges.

Livros que conquistariam adultos
O Livro de Areia de Jorge Luis Borges.

Obra a que você recorre na hora do apuro
Tao te Ching de Lao tsé.

Livros na primeira pessoa que você recomenda
Os Diários de Sylvia Plath 1950-1962 e toda a obra de Marcel Proust e de Henry Miller.

Escritores prediletos
Hans Christian Andersen, Lawrence Durrell,(melhor amigo de Henry Miller), Alexandre Dumas, Edgard Allan Poe, Gérard de Nerval, André Breton e Branquinho da Fonseca.

Autores da nova geração que você admira
Milton Hatoum, Maria José Silveira, Ricardo Silvestrin, Cláudio Willer, Paulo Bloise, Marcelo Coelho e Luiz Ruffato.

Biblioteca básica
Mil e uma noites, a Bíblia, Mahabharata, Le Morte d\'Arthur (A Morte de Arthur) e Os Cavaleiros da Távola Redonda de Thomas Malory.

Livro que seu melhor amigo (a) está lendo
Maria José Silveira está adorando justamente Sobre Humanos, de Paulo Bloise.

Nota de rodapé (uma frase, um verso, uma prosa)
“Escrever é sempre melhor do que não escrever”. Jack London.
 
Mais sobre Heloisa Prieto na internet:
www.moderna.com.br


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados