Fernand Alphen
Publicitário, formado em história na USP, administração de empresas na FGV e pós-graduado em marketing. Diretor de planejamento da F/Nazca S&S. Publicou os livros: Hermes, o Deus da Cybercoisa e Histórias para Ex-Crianças - volume 1.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Fernand Alphen citados no programa:
Você estudou no colégio francês que recomendava que a gente lesse todos os clássicos da literatura francesa e alguns da brasileira. Quais, de fato, te impressionaram e marcaram?
Nossa, que medo. E se eu esquecer algum? Posso contar só um? Não que seja o mais importante nem o que mais me impressionou. Mas é que acabei de reler o Vermelho e o Negro e estou ainda sob o charme extraordinário desse livro. Sorel, o personagem central do livro, é meu herói do momento. Só para não parecer que sou um dinossauro, tá bom, vou dar duas dicas mais contemporâneas: tem a Amélie Nothomb que é uma escritora com extraordinário poder e fluência e talvez o Jonathan Safran Foer que na minha opinião talvez seja uma das mais impressionantes promessas de uma nova maneira de fazer literatura.

Obras para um publicitário
Queria passar essa, mas vamos lá: leiam: O Mapa Fantasma do Steven Johnson.

Contistas prediletos
Guimarães Rosa, claro.

O que você está lendo momento?
Estou lendo um livro de discursos do Barak Obama, pode? Rs!

Próxima leitura
Quero reler o Billy Budd do Melville.

Franceses indispensáveis da nova geração
Michel Houellebecq.

Romance do coração
Sem parecer pretensioso: À procura do tempo perdido, do Proust.

Uma descoberta recente
Um franco argentino chamado Alberto Manguel e seu livrinho incrível chamado: O amante detalhista.

O melhor da literatura brasileira
Guimarães Rosa, claro. E Graciliano. E José Lins do Rego.

Um livro de férias
Ah, sei lá, se for num lugar sem ter muito o que fazer, talvez Alexandre Dumas porque é grande ou sei lá, os Irmãos Karamazov. Ah não, outro: Doutor Fausto do Thomas Mann.

Biografia marcante
Gostei muito da biografia do Chatô do Fernando Morais e tem uma muito impressionante também que é a história do Richard Burton de Edward Rice. Ah, claro, esqueci: tem todas as biografias do Stephan Zweig que são deliciosas.

Cesta básica
Meu computador.

Nota de rodapé
Cabeça de sol de Pauline Alphen e Jean-Claude Alphen.
 
Mais sobre Fernand Alphen na internet:
www.fnazca.com.br


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados