Eugênio Bucci
Jornalista e escritor, formado em direito, com doutorado em ciências da comunicação pela USP. Foi presidente da Radiobrás e secretário editorial da Editora Abril. Publicou vários livros, entre eles: Sobre Ética e Imprensa e Do B. Seu mais recente livro é: Em Brasília, 19 horas – A guerra entre a chapa-branca e o direito à informação no primeiro Governo Lula.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Eugênio Bucci citados no programa:
Você colaborou e colabora com seu trabalho em grandes empresas. Quais livros pautaram de forma marcante a sua trajetória profissional?
É uma pergunta impossível de responder. A lista do que não li ainda é melhor que a lista do que li. Mas eu citaria o Manifesto Comunista, de Marx e Engels, sem dúvida alguma. Foi uma influência forte na minha formação. É engraçado que, embora Marx tenha trabalhado como articulista, os comunistas em geral, como Trótski, de quem eu também li alguma coisa, não gostavam de jornalistas. E tinham lá suas razões. A concepção de poder que todos eles cultivavam era incompatível com um regime de verdadeira liberdade de imprensa. Falando em liberdade, agora, por exemplo, li inteiro um texto do qual eu conhecia apenas fragmentos, "The School of Journalism", de Joseph Pulitzer. É um documento fantástico e visionário, de 1904, em que ele defende a criação da faculdade de jornalismo em Columbia, que só seria aberta depois que ele morreu. Pulitzer foi um grande inovador. Gosto também do que Walter Lippmann escreveu, como "Public Opinion". Aliás, Alberto Dines é outro que eu citaria, não tanto pelo "Papel do Jornal", mas pela coluna que ele fazia na Folha, "Jornal dos Jornais", que eu lia quando era estudante secundarista e que me parecia notável. Mas não tem nada a ver essa história de fazer lista. Eu até já listei, uma vez, os dez títulos que me marcaram Iá de Carlos Zéfiro a Apollinaire. Paro por aqui, com a sensação de que não deveria nem ter começado.

O que você está lendo no momento?
Exatamente agora estou lendo "Elogio da Serenidade", do Norberto Bobbio, que o Matinas Suzuki me sugeriu. Fiz uma conferência sobre a intolerância, no ciclo Vida Vício Virtude, organizado por Adauto Novaes, e o Matinas me falou desse texto, que eu desconhecia. É ótimo.

O que pretende ler?
Heidegger.

Um título para futuros comunicadores
A tese de doutorado do Caio Túlio Costa, Moral Provisória. Foi defendida agora, dia 20 de junho, na ECA, sobre a ética em tempos de inovação tecnológica na imprensa. O título é ótimo: "Moral Provisória". Inspirado em Sartre. Quando for publicada, será valiosa para os estudantes e profissionais de jornalismo.

Uma adaptação literária que você gostaria de ver no cinema
O Amanuense Belmiro, de Cyro dos Anjos. Quem é fã desse livro é outro jornalista que admiro demais, o Humberto Werneck. Foi por ele que eu conheci o livro.

Romance do coração
"O meu pé de laranja lima". A minha mãe me deu pra ler quando eu era criança. Me emocionou muito ela me dar para ler um livro que, puxa vida, tinha até palavrão. Achei o máximo e também fui capturado pela história. O personagem meio caipira foi para mim uma identificação.

Uma biografia
Comecei a ler uma recentemente, do Mao Tsé-Tung, escrita por Jung Chang (de "Cisnes Selvagens") e seu marido, John Halliday. É fundamentada e detalhista, mas vai se tornando meio raivosa, parcial. Não há mais dúvida de que Mao foi um Stalin piorado, mas o relato deveria ser menos adjetivo. Vamos ver como termina.

Jornalistas-escritores essenciais
Tom Wolfe e Gay Talese.

Um clássico necessário
Tratado sobre a intolerância, de John Locke.

Literatura brasileira
Monteiro Lobato para crianças.

Literatura universal
Antígona, de Sófocles.

Nota de Rodapé
"Mas as coisas findas,
Muito mais que lindas,
Essas ficarão."
Drummond
 


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados