Carolina Kotscho
Roteirista. Trabalha há mais de dez anos com cinema e televisão. Diretora da rede e desenvolvimento da Televisão América Latina. Simplesmente Helena, é seu primeiro livro que escreveu para contar a vida da mãe de Zezé di Camargo e Luciano, que todos nós conferimos no belo filme de Breno Silveira: Dois Filhos de Francisco, cujo roteiro foi escrito também por Carolina.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Carolina Kotscho citados no programa:
Livros da infância - Seu pai, o jornalista Ricardo Kotscho, lia para você e para a Mariana.
Meu pai não lia, ele gostava de contar suas próprias histórias.

Obras que não saem da sua cabeça
Fazendo roteiros de cinema, ou literatura, eu digo que a gente nunca está sozinho, tem sempre um "pessoal" em volta, que são os nossos personagens. A obra que não sai da minha cabeça, então, é sempre a próxima que eu vou por no papel. Agora é a história da Ana e da Maria, mãe e filha que passam um ano viajando de trailer pela Argentina.

Livro de cabeceira
Grande Sertão: Veredas de Guimarães Rosa.

Literatura brasileira
Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Fernando Pessoa e Monteiro Lobato.

Autor ou obra fundamental estrangeiro
Willian Shakespeare.

Poetas indispensáveis
João Cabral de Melo Neto, Fernando Pessoa e Elizabeth Bishop.

Romance do coração
O Barão Nas Árvores de Ítalo Calvino.

Livro ou texto que mais te perturbou
Fiquei perturbada quando li Olga de Fernando Morais, aos 11 anos de idade.
 


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados