Beni Piatetzky
Empresário, começou muito cedo, aos quatorze anos e hoje comanda duas empresas: Silla, de Design e Plenna, no setor de balanças digitais e analógicas. Ele é formado em hotelaria e sua paixão é a literatura.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Beni Piatetzky citados no programa:
Escritores prediletos
Abusado e Rota 66 de Caco Barcellos. São ótimos trabalhos de pesquisa, uma maneira de conhecer um mundo que está ao nosso lado e que é completamente diferente. Os livros do Noah Gordon são ótimos; sempre um grande divertimento!
As minhas idéias mudaram sobre várias coisas com o livro: Freakonomics do Steven D.Levitt e Stephen J.Dubner.

Livro de cabeceira
A vida como é...: O Homem Fiel e Outros Contos do Nelson Rodrigues, organizado pelo Ruy Castro.

Um clássico
Cem Anos de Solidão do Gabriel García Márquez

Uma descoberta
Voragem do Junichiro Tanizaki

Romance do coração
Solo Sagrado da Barbara Wood

Livro inesquecível
A Vida de Pi do Yann Martel

Um Imortal
José Saramago

Literatura brasileira
Patrícia Melo com os livros: Acqua Toffana , Matador e Elogio da Mentira.

Título que você sempre quis ler e nunca arrumou tempo
Crime e Castigo - Dostoiévski.

Para que texto você se volta na hora do apuro?
Livros do Harry Porter da J.K.Rowling

Nota de Rodapé (uma linha, um provérbio, um verso)
Uma frase que meu sogro sempre fala, mas não sei se é dele: “Quem tem um livro nunca está sozinho!”.
 
Mais sobre Beni Piatetzky na internet:
www.silla.com.br


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados