Amir Labaki
Jornalista. Fundador e diretor do Festival Internacional de Documentários: É Tudo Verdade, o jornalista Amir Labaki foi duas vezes diretor do MIS - Museu da Imagem e do Som - da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo - 1993/1995 e 2003/2005. Ele fala dos livros que importam para documentaristas e cinéfilos.

Ouça a entrevista em podcast:*
(ou clique aqui para baixar o arquivo em mp3)
(aprox. 6-8 MB)
 
Confira a primeira parte da entrevista.
 
* Para ouvir é necessário ter instalado o iTunes ou versão atualizada do Windows Media Player (ou outro programa que execute mp3).
 
Veja no JOGO RÁPIDO os livros marcantes para Amir Labaki citados no programa:
Livro que daria um belo documentário
The Looming Tower: Al-Qaeda and the Road to 9/11, de Lawrence Wright.
Não está traduzido ainda para o português.

Livro que todo jovem documentarista deveria ler
Cineastas, imagens do povo, de Jean-Claude Bernardet.

Livro que vale a pena reler
Rumo a estação Finlândia, de Edmund Wilson.

Um clássico que te inspira
Livro de memórias do Jean-Paul Sartre .

Uma descoberta
Vamos voltar para a não ficção. Eu tenho lido muito o John Lahr, que é um crítico de teatro e entretenimento da The New Yorker. Ele é um grande retratista. É um dos grandes escritores de textos jornalísticos do mundo e não é muito conhecido.

Uma nota de rodapé
Se você sair de um navio afundando, seus pensamentos serão sobre navios afundando.
Frase de George Orwell.
 
Mais sobre Amir Labaki na internet:
www.itsalltrue.com.br/2007/index.html


 
       
©2007-2008 Mona Dorf / Rádio Eldorado
Todos os direitos reservados